1 de março de 2012

Prazer, Danilo Nobre

danilonobre.com.br

Sejam bem vindos ao meu blog. Vou utilizar esse post de lançamento para falar sobre a minha história profissional.

Me chamo Danilo Ferreira Nobre, trabalho como Diretor de Criação na Bleez, agência digital que eu encabeço junto com meu amigo Bruno Viana. Trabalho na área do design desde 2007, resido em Fortaleza, mas já tive o privilégio de trabalhar remotamente em projetos de nível nacional e internacional.Meu portfólio profissional danilonobre.com.br está concorrendo ao Prêmio Peixe Grande 2012, sinta-se a vontade para votar em mim clicando aqui.

Minha jornada profissional começou em 2007, já estava na metade do curso de Ciências da Computação, mas nunca tinha me afeiçoado aos rumos que o curso me levaria, além de sempre saber que o que me atraia era trabalhar com a minha criatividade. Nem sabia o que ‘design’ queria dizer mas já achava que era nele que eu ia me meter. Foi aí que surgiu a oportunidade que me fez transformar esse ‘achava’ em ‘tinha certeza’. Ingressei como Webdesigner numa ex-empresa local, onde consegui criar meus alicerces e evoluir de forma que nos quase 3 anos que permaneci lá, me tornei Diretor de Arte e em seguida Gerente do setor de Design. Durante esse período tive o orgulho de compor uma equipe excepcional e de ter trabalhado em grandes projetos como Portal MEC (Ministério da Cultura), Portal Grupo Brasal (DF), Portal Moinho Dias Branco entre outros.

Em 2010 tive que mudar de ares, comecei minha vida de freelancer, já de cara trabalhando com diversos projetos de empresas de São Paulo ao mesmo tempo que fui contratado para ser Designer de Interfaces da IVIA, onde tive o prazer de atuar nos projetos Portal UNIMED Fortaleza e Intranet MINC (Ministério da Cultura) dentre outros.

Já em 2011, eu que resolvi mudar de ares, ingressar numa agência que envolvesse mais as minhas ambições, focar mais em projetos digitais e web. Foi aí que entrou a Atratis, onde tiver o prazer de participar um pouco do início da empresa e foi durante esse período que eu atingi a maturidade que eu precisava ter para começar minha jornada mais foda, abrir a minha própria empresa.

A partir daí o Bruno entrou na história. Há um certo tempo eu já sabia que meu caminho era abrir a minha empresa, mas pra isso eu precisaria das pessoas certas comigo e o Bruno era uma dessas pessoas. Ele me procurou afirmando também estar se sentindo na hora de seguir esse caminho e aí fez-se a Bleez, a oportunidade de fazer uma empresa sob os nossos moldes, as nossas convicções e o que a gente, com a nossa experiência no mercado, achava ser o correto.

Então é isso. Essa foi uma síntese da minha história profissional. Eu nunca fui muito familiarizado com a ideia de ser um ‘blogueiro’, mas espero que as postagens sejam frequentes e que vocês curtam. Até lá.