Como utilizar as campanhas de rede display para promover sua loja online

16/04/2019 Wandeson Felipe
7 min de leitura
7
Amou?

campanhas rede de display

Quem nunca se deparou com um anúncio durante uma rápida pesquisa na internet, que atire a primeira pedra. Seja ao entrar em um site, blog, no youtube e até mesmo em seu e-mail, eles estão estrategicamente espalhados por todos os lados!

Independentemente de ser iniciante ou já possuir algum conhecimento em SEM (Marketing em Mecanismos de Buscas), você provavelmente já ouviu falar sobre Google Ads. Essa ferramenta do Google é a principal fonte de receita da empresa, responsável por 95% dos seus lucros.

E é dentro dessa ferramenta que está inserida a rede de display. Que nada mais é do que anúncios em formato de imagens e vídeos, distribuídos de diversas formas e com alcance para mais de 80% dos usuários da internet no mundo todo.

Nesse conteúdo você entenderá todas as funcionalidades e como utilizar a rede de display para ganhar visibilidade e atrair novos clientes para seu negócio!

Conquiste a confiança do cliente

Diariamente somos bombardeados com informações e conteúdos nos mais diversos canais de mídia. Contudo, devido a correria do dia-a-dia, nossa capacidade de absorção de tudo o que é propagado é reduzida.

Aquele velho clichê de que “uma imagem fala mais que mil palavras” faz todo sentido. Com o auge das redes sociais, o compartilhamento de imagens e vídeos é quase instantâneo e assim, as chances desse tipo de campanha obter sucesso é maior.

Com a utilização da rede de display seus anúncios se tornam mais atrativos. Os recursos visuais presentes neste formato de publicidade permitem fisgar a atenção, assim como conscientizar o cliente a respeito da sua marca.

Como criar as primeiras campanhas no Google Ads

Se você já utilizou a plataforma para outros tipos de campanhas, bastar fazer o login. Caso contrário, clique aqui para saber o passo a passo de como se registrar.

Após se registrar, você precisa entender como funciona a estrutura da rede de display, que basicamente é distribuída em 3 níveis: nível de conta, nível de campanha e nível de grupo de anúncios.

estrutura rede de display

  • No nível de “conta” você definirá suas preferências de pagamento;
  • No nível de “campanha” você irá definir os locais, o idioma, data de início e término, estratégias de lances e o orçamento diário;
  • No nível de “grupos de anúncios” você definirá a segmentação da sua campanha.

Ao configurar o idioma, você estará selecionando o idioma do site onde seus anúncios serão veiculados e não o idioma do usuário.

Objetivo

A criação da campanha começa pelo seu objetivo, e para isso é necessário definir as metas a serem alcançadas. Sem metas, é impossível medir o desempenho e o sucesso da campanha.

Para facilitar a escolha do objetivo, tenha em mente que a meta está diretamente ligada às ações que você quer que seus clientes realizem em seu site.

Uma diferença entre rede de pesquisa e rede de display que deve ser considerada na hora da escolha do objetivo, é que na primeira o público está ativamente buscando por seus produtos ou serviços.

Já na rede de display, você alcança clientes que não estavam procurando por você, mas que notaram seu anúncio em sites parceiros do Google.

Ao considerar essa informação, fica evidente que o foco principal da rede de display não é conversão ou resultado imediato. Concentre-se em gerar confiança e fidelização da sua marca.

Utilizando a rede de display da forma correta você pode criar um funil de vendas para promover sua loja, aumentar a visibilidade dos seus produtos e serviços; conquistar novos leads e aumentar o tráfego do seu site.

Clique aqui para saber como gerar tráfego qualificado para sua loja virtual.

Aparência dos anúncios

Essa é a hora de chamar a atenção e trabalhar o share of mind (participação na mente do consumidor).

Na plataforma existe a possibilidade de você fazer o upload de uma arte pronta ou criá-la do zero através da galeria.

Mesmo que você não seja um bom designer, a ferramenta te ajuda: basta inserir o link do seu site no campo indicado, para que o Google crie designs com base nos produtos ofertados nele.

Os anúncios em rede de display podem ser:

  • Anúncios gráficos: imagens estáticas ou gifs animados;
  • Anúncios dinâmicos: templates prontos ou com base no seu e-commerce;
  • Anúncios em vídeo: com duração de 15 ou 20 segundos não puláveis;
  • Anúncio em aplicativos móveis;

Considere a opção de fazer um teste A/B em diferentes versões e formatos, comparando os desempenhos para saber qual a melhor prática a ser adotada para conquistar seus potenciais clientes.

Tamanho de banners com melhor desempenho

É possível selecionar diferentes tamanhos de banners para os anúncios criados.

banner rede de display

Precauções

A maior preocupação de quem anuncia em mídias pagas é saber qual será a reação e interação do consumidor ao visualizar sua publicação. Há quem tente de forma maliciosa obter vantagens e enganar o consumidor (o que não recomendamos, afinal é a reputação da sua marca que está em jogo).

É proibido criar anúncios que não desempenham sua real função, como tentativa de driblar os mecanismos de buscas e se destacar perante os concorrentes.

Antes de ser veiculado, seu anúncio passa por uma avaliação do Google. Após uma análise criteriosa, a plataforma cria um ranking de classificação dos anúncios:

  • O lance máximo de CPC (Custo por clique) é o valor máximo que você quer pagar por aquele anúncio.
  • O índice de qualidade engloba aspectos visuais (textos e imagens), adequação das palavras-chave selecionadas e confiabilidade da página de destino.

Com base nesses aspectos, é preciso ter uma atenção redobrada ao escolher a frase de destaque ou CTA (chamada para ação) que irá compor o seu anúncio. Evite expressões como “clique aqui” ou “ótima oportunidade” e selecione imagens de alta qualidade.

Além disso, é importante escolher páginas com conteúdos relevantes que resolvam o problema do usuário.

-“Ah, mas meu site ainda está em construção e não tem tanto conteúdo assim, o que devo fazer?”

Não anuncie. Ainda não é uma boa hora para você!

Segmentação

As estratégias de segmentação precisam estar bem definidas e alinhadas com a audiência da sua marca, pois se você não selecionar corretamente seu público-alvo, dificilmente seus anúncios serão entregues as pessoas certas.

Saiba como identificar a persona ideal do seu negócio

Diferentemente da rede de pesquisa, onde seus anúncios são segmentados por palavras-chave, na rede de display há 2 categorias: as focadas no site e as focadas no usuário.

As segmentações focadas no site são:

  • Palavras-chave: seus anúncios aparecerão em todos os sites que possuem conteúdo com a palavra-chave que você definir;
  • Canais: seus anúncios aparecerão em todos os sites específicos que você selecionar;
  • Tópicos: seus anúncios aparecerão em todos os sites que possuem temas ou categorias dos tópicos que você listar;

As segmentações focadas no usuário são:

  • Interesses: seus anúncios aparecerão para as pessoas com interesses em assuntos que você determinar;
  • Remarketing: seus anúncios aparecerão para todas as pessoas que já visitaram o seu site.

Saiba como fazer uma pesquisa de palavras-chave de qualidade para seu negócio clicando aqui.

Nas configurações, ao selecionar uma segmentação é exibido uma estimativa de impressões disponíveis para o termo que você selecionou.

Quando você adiciona mais de 1 segmentação à um grupo de anúncio, o número de impressões diminui. Pois, quanto maior for a segmentação, menor será o alcance.

Estratégias de lances

Quando utilizamos anúncios pagos para impulsionar nosso negócio, o acompanhamento das campanhas se torna imprescindível para obter sucesso e alcançar os resultados almejados.

E para isso, as estratégias de lances e orçamento diário precisam de uma atenção redobrada para que você não jogue dinheiro fora.

Mas como funcionam os lances da rede de display?

É bem simples! A partir do momento que seu anúncio é aprovado pelo Google Ads, ele pergunta se você deseja utilizar um lance padrão ou personalizado e se há ajustes no lance.

O lance padrão é utilizado quando não há nenhuma especificação de lance para um canal que corresponda à sua segmentação. Se você optar por não definir um lance inicial, a plataforma adotará o lance padrão estabelecido para seu grupo de anúncios.

Já com os lances personalizados, você definirá o valor que Google Ads usará quando seus anúncios forem exibidos;

Se você está começando agora, o ideal é definir um lance inicial, monitorar seu desempenho e fazer as alterações necessárias.

Obs: Aguarde de 2 a 3 semanas para fazer ajustes.

Relatórios

Para analisar e tomar decisões, a ferramenta oferece relatórios através de tabelas e gráficos, que podem e devem ser utilizadas para medir o desempenho das campanhas. Entre os principais relatórios que você deve analisar estão:

  • Relatórios de alcance: Quantidade de usuários únicos que visualizaram seu anúncio;
  • Relatório de frequência: Quantidade de vezes que seu anúncio foi visto por aquela pessoa. (Nas configurações é possível limitar a quantidade de vezes que o internauta visualizará o seu anúncio);
  • Relatório de canais: Desempenho do anúncio por site previamente selecionado para exibição.

Para acompanhar os números de forma mais detalhada você também pode usar o Google Analytics. Nele você monitora a jornada de compra do consumidor e os principais canais de tráfego.

Conheça as principais métricas para acompanhar no Google Analytics

Gostou desse conteúdo? Coloca um <3 aqui em baixo, e compartilha com a geral!