Como administrar uma loja virtual: 6 atividades da gestão de loja virtual

27/10/2017
4 min de leitura
8
Amou?

Como administrar uma loja virtual

O e-commerce está sendo uma boa opção de investimento para os tempos de crise que vivemos. Mesmo com o varejo sofrendo queda nas vendas, o comércio eletrônico consegue manter o crescimento e atrair empreendedores. O problema é que muitos deles não fazem ideia de como administrar uma loja virtual e acabam no prejuízo.

Para dar uma boa noção de como será e de quanto tempo você precisa ter disponível para administrar um e-commerce, vou comentar as 6 atividades das quais você não poderá fugir se quiser ter sucesso com a sua loja virtual.

Gestão de catálogo e estoque

Essa é a primeira parte do seu trabalho como dono e/ou gestor de uma loja virtual, aquelas atividades relacionadas aos produtos que você tem disponível na loja. É importante dizer que quanto maior for a variedade de produtos, mais trabalho você terá nessas tarefas. Estão incluídas aqui as seguintes atividades:

Organizar categorias da loja

Além de cadastrar todos os produtos, você precisa organizar todos eles por categorias para facilitar a busca do usuário. Evite criar categorias demais (acima de 10 é muito), pois isso confunde o usuário e torna mais cansativa a navegação. Defina e crie as categorias, cadastre os produtos nas categorias corretas, que mais têm a ver com o produto, e periodicamente (pode ser uma vez por mês) confira se está tudo cadastrado corretamente ou se tem algo que pode ser melhorado.

Contar e conferir o estoque

Esse é o momento em que você vai contar quantos produtos você tem disponível no seu estoque, verificar o que está saindo mais e o que pode estar encalhando nas suas prateleiras, além de conferir se está tudo cadastrado corretamente na sua loja virtual. Se o seu volume de pedidos está crescendo e você tem mais de 10 pedidos por dia, comece a pesquisar e se planejar para pagar por um sistema que gerencie o seu estoque.

Pesquisar novos produtos

Essa tarefa não tem uma periodicidade, mas você deve ficar sempre atento ao mix de produtos que oferece. Será que não tem alguma nova tendência no mercado ou uma necessidade do consumidor que você pode oferecer um produto para atender? Esteja sempre atento e de olho nas novidades.

Gerenciamento de pedidos, envio e logística

Ver os pedidos chegando é a melhor parte de ter uma loja virtual, não é? Mas exige muita atenção e responsabilidade. Nessa etapa você vai conferir qual ou quais produtos cada cliente comprou na sua loja virtual e vai até o estoque separar esses produtos para serem embalados. Uma vez embalados e etiquetados com nome e endereço do cliente, eles devem ser levados até os Correios (caso você não tenha contrato com uma empresa de entregas que venha buscar os pedidos) e despachados de acordo com a modalidade de frete que o cliente escolheu. Confira tudo sempre! Enviar um pedido errado para o cliente pode sair caro pra uma loja virtual, que é obrigada a fazer a troca (e pagar por ela) ou devolver o dinheiro.

Notas fiscais e tarefas burocráticas

Por mais moderno que o seu negócio seja vendendo online, algumas coisas não mudam nunca: toda empresa precisa emitir notas fiscais, controlar o fluxo de caixa e ter anotados todos os gastos, receitas e investimentos.

Seja como microempresa optante do Simples ou como Microeempreendedor Individual, é preciso se informar com um contador quando você deve emitir nota fiscal obrigatoriamente, quais impostos precisam ser pagos e toda a burocracia relacionada ao seu negócio.

Divulgação da loja virtual

Divulgar a loja virtual é uma tarefa que nunca terá fim para o gestor de um e-commerce. É preciso sempre estar atraindo novos visitantes para conhecer a sua loja virtual e convidando os clientes a comprarem novamente para manter e aumentar sempre as vendas. A divulgação pode ser feita de muitas formas diferentes, mas algumas ações muito importantes e que trazem retorno muito bom para o e-commerce são:

Mídias sociais

As mídias sociais são um importante canal de relacionamento com o cliente e sua empresa deve estar presente nelas e incluir a publicação de conteúdo nas atividades do seu e-commerce. Pelo menos uma vez na semana (ou de acordo com a necessidade, que vai depender do seu público), as redes sociais escolhidas devem ser atualizadas. Perceba quais posts têm mais interações das pessoas e faça mais publicações semelhantes, responda comentários e anuncie dentro dessas redes.

Blog

O blog corporativo é um investimento de prazo mais longo, mas que você deve começar hoje. Defina uma periodicidade para escrever e publicar posts, pode ser uma vez por semana para começar. Dessa forma você vai construir um público para o seu blog que se converterá em visitantes da sua loja virtual e posteriormente em compradores.

Newsletter

O e-mail é um dos canais de comunicação com o cliente mais baratos e com melhor retorno em vendas para uma loja virtual. A frequência de envios pode ser mensal ou semanal, o mais importante é segmentar o público e enviar mensagens cada vez mais certeiras nos interesses do seu cliente e dos inscritos na sua newsletter.

Análise de desempenho

Tão importante quanto realizar ações de divulgação é verificar constantemente se suas estratégias de marketing estão dando certo e gerando os resultados esperados para a sua loja virtual. Essa é uma atividade importantíssima e que muito e-commerce negligencia.

Você pode (e deve) fazer isso pelo menos uma vez por mês, verificando os acessos e o comportamento dos usuários na sua loja virtual, nas redes sociais, no blog e nas newsletters enviadas. Analise os dados e tente entender os produtos que despertaram mais interesse do público, em qual etapa da venda mais pessoas desistiram da compra e os motivos para isso. Vale também fazer uma pesquisa com os clientes para saber o que eles estão achando da sua loja virtual e se tiveram alguma dificuldade durante a compra.

Metas e plano de negócios

O mercado muda sempre e o mercado digital muda mais rápido ainda, então é importante que pelo menos uma vez por ano você sente com seus sócios ou com seus funcionários de confiança para conferir se as metas do seu plano de negócio se concretizaram e o que foi feito de certo e errado para chegar ao status atual do seu negócio. Nesse momento você deve traçar novas metas, reformular o que deu errado, melhorar ainda mais o que deu certo e se renovar para mais um ano.

Como medir o sucesso do seu e-commerce? 

Muitas atividades, não é? Mas o esforço vai valer a pena. Planeje-se e boas vendas!

_

Quer ter uma loja virtual com todo acompanhamento necessário para ter muitas vendas?  
Conheça o Bleez Shop: A plataforma de ecommerce que une tecnologia e resultados.