Como fazer o seu cliente perder o medo de comprar online

29/04/2020 Lahisla Vilar
4 min de leitura
3
Amou?

O medo de comprar online ainda freia o crescimento das vendas no e-commerce, mas essa realidade está mudando cada vez mais rápido e você pode sim realizar algumas ações dentro da própria loja virtual que minimizem o medo do seu potencial cliente em comprar.

Mai da metade da população brasileira, segundo dados do IBGE, já tem acesso à Internet e esse número só cresce, fazendo crescer também o número de potenciais consumidores do e-commerce.

Entre os principais motivos apontados para um consumidor não comprar online está a falta de contato com o produto, dificuldade de devolução e demora na entrega. 

Já entre as vantagens apontadas estão, promoções, comodidade, possibilidade de comparar preços e facilidade de encontrar opções.

Pensando nisso, levantamos aqui algumas dicas para te ajudar a minimizar as objeções dos usuários e os medos em relação às compras online. Vamos lá!

#1 Tenha boas fotos

A visualização do produto pelo o computador ou celular, nunca será a mesma de você tocar o produto, ver de perto seu tamanho real, suas cores e texturas, mas é possível minimizar bastante esse desconforto do cliente.

Para começar, você precisa ter boas fotos dos seus produtos, fotos que mostrem o contexto de uso e detalhes de todos os ângulos. Isso ajuda bastante o seu usuário na hora de analisar as características principais do item.

Além disso, você pode demonstrar o uso desse produto também em vídeos, que podem ser publicados diretamente na plataforma de e-commerce (caso ela permita) ou nas suas redes sociais, atraindo visitantes que já têm uma ideia muito mais clara de como aquele produto serviria para ele. Quanto mais detalhes o usuário tiver do produto, mais próximo de se tornar um cliente ele estará.

>>Leia também: Como fazer boas fotografias de produtos e aumentar suas vendas.

>>Leia também: Razões para o e-commerce investir em vídeos.

#2 Atenção ao valor do frete

Acontece bastante no e-commerce de o cálculo do frete aparecer apenas na etapa de finalização da compra, jogando um balde de água fria no usuário quando ele se depara com um valor que ele considera alto.

Para superar esse empecilho, a loja virtual deve buscar sempre deixar a visualização de frente na página de produto, assim como também buscar alternativas para o frete não ser tão alto.

Muitas empresas recorrem a possibilidade de fazer promoções periódicas de frete grátis, ajuda muito na conversão da loja.

Outra possibilidade é negociar margens melhores com os fornecedores dos produtos e embutir parte do valor do frete ou o valor inteiro no preço do produto. Tudo vai depender da estratégia que você julgar melhor para o seu e-commerce.

#3 Transmita segurança

A segurança dos dados pessoais e de pagamentos, é uma das primeiras preocupações dos usuários ao comprar em uma loja virtual.

De acordo com pesquisa realizada pelo Mercado Pago, 66,7% deles verificam se um site é seguro antes de comprar.

Entre os itens de segurança de um e-commerce estão a presença de:

  • HTTPS (protocolo de transferência de dados seguro)
  • Selos de certificados de segurança (como Clear Sale, Site Blindado e outros)

Esses itens, verificam as vulnerabilidades dos servidores e websites, monitoram as operações e fornecem o certificado digital de segurança. Com eles, o usuário verá que a sua loja virtual trabalha e investe para ter transações sempre seguras.

>>Leia também: Segurança é marketing para o e-commerce.

#4 Atenção ao prazo de entrega

A demora na entrega é um dos fatores que levam o usuário a desistir da compra e, assim como no caso do valor do frete, a recomendação é buscar empresas que realizam entregas mais rápidas para as diversas regiões do país.

As transportadoras estão sendo uma ótima alternativa para os negócios que buscam aprimorar a sua logística, pois além de possibilitarem entregas mais rápidas, não passam pela as famosas greves como o correios por exemplo.

Lembre-se sempre de ressaltar os pontos positivos da compra, apesar dos dias de espera pelo recebimento do produto, como o preço, a comodidade e a facilidade da compra.

#5 Troca e devolução

Muitos clientes não sabem os direitos que têm em relação à troca e devolução dos produtos comprados no e-commerce, por isso é essencial que a sua loja virtual tenha em um local visível e de forma clara essas informações. 

As principais informações contidas no Código de Proteção e Defesa do Consumidor são:

  1. No caso de devolução por arrependimento, o cliente tem até 7 dias corridos para solicitar o cancelamento da compra;
  2. Em caso de defeito, o e-commerce tem de 30 a 90 dias para realizar permuta, reparo de produto ou devolução;
  3. Para cancelamento, com pagamento em boleto, basta que o cliente não efetue o pagamento e em outros meios de pagamento, o cliente só precisa fazer o cancelamento na loja virtual;
  4. Caso a compra já tenha sido concluída e o produto enviado, basta que o consumidor recuse o recebimento e o investimento feito deve ser ressarcido;
  5. Para troca, são disponibilizados 30 dias para a solicitação após o recebimento.

#6 Disponibilize pontos de contato

Por fim, deixe seus contatos de telefone, e-mail e redes sociais sempre bem visíveis e realize o atendimento o mais rápido possível.

É muito importante pro usuário saber que poderá entrar em contato com a loja, sempre quando precisar, caso aconteça algum problema, isso dará ainda mais confiança para o cliente realizar a compra.

Conclusão

Essas são algumas dicas super importantes e infalíveis para você diminuir o medo dos usuários ao realizarem a compra na sua loja virtual.

Sem dúvidas, se você colocar em prática todas essas dicas sugeridas, a sua loja vai vender. Agora é se preparar e colocar tudo em prática!

Se quiser saber mais sobre nossas soluções e planos:

Clique aqui e conheça o Bleez Shop

Gostou desse conteúdo? Coloca um <3 aqui em baixo, e compartilha com geral!