Como ter um fluxo de caixa no e-commerce?

19/10/2020
7 min de leitura
1
Amou?

Deixa eu adivinhar, você tá abrindo seu primeiro negócio agora, e não faz a menor ideia de como organizar as finanças? Ou você tem medo de ter gastos desnecessários nesse começo?

Pois, fique tranquilo, que esse artigo vai te ajudar! Iremos apontar pra você as melhores soluções, e ainda vai te explicar direitinho o que é o fluxo de caixa no e-commerce e como fazer no seu negócio.

Você já possui uma loja virtual? Tá pensando em contratar uma? Pois clica aqui e confere nossos preços!!!

O que é fluxo de caixa no e-commerce?

Quando você inicia sua jornada no e-commerce, você precisa aplicar estratégias eficientes de controle de custos e receitas, e o fluxo de caixa no e-commerce tem um papel fundamental nesse controle.

Se esse termo ainda é muito novo pra você, a gente te explica!!!

O fluxo de caixa, simplesmente é o aumento ou a diminuição da quantidade de dinheiro que um negócio ou indivíduo possui.

Em finanças, o termo é usado para descrever a quantidade de dinheiro gerada ou consumida em um determinado período de tempo.

Por meio do fluxo de caixa, é possível que você tenha uma visão geral do seu empreendimento para não se perder entre os rendimentos e as contas a pagar.

Como fazer um fluxo de caixa no e-commerce?

Para que você mantenha em dia este controle tão importante para qualquer tipo de empresa, separamos 5 dicas de por onde você pode começar, vamos lá!

1. Documente todos os gastos do seu negócio

Todo e qualquer gasto que você teve na sua loja, DEVE ser registrado. 

Nada pode ficar de fora, nada mesmo! “Ah, mas eu comprei um mimo a mais que custou de R$ 2,00”, não importa, você também precisa documentar, mesmo que sejam os menores gastos. 

Realizar essa documentação é importante para que você tenha uma visão geral da sua loja, assim você evita gastos desnecessários e ainda de quebra, consegue controlar as saídas, estoque e caixa do seu negócio.

Você pode realizar essa documentação por planilha, até então é a forma mais fácil e mais usada pelo os empresários. 

Para facilitar esse processo de gestão o Olist produziu, em parceria com a Quanto Sobra, uma planilha que permite o controle do fluxo de caixa no e-commerce de forma simples e prática.

Para ter acesso a essa planilha basta clicar aqui!

2. Tenha uma ferramenta que mostra tudo

Para que você consiga documentar todos os gastos, entradas e saídas do seu negócio, é importante que você tenha uma ferramenta que lhe informe tudo isso. 

Normalmente isso é analisado através da plataforma de e-commerce escolhida, porém algumas plataformas não são tão claras assim com esses dados, e acabam confundindo a cabeça do empresário.

A Plataforma da Bleez por exemplo, é pensada exatamente nessa dor do empresário.

A imagem 1 mostrada abaixo, temos o dashboard da nossa plataforma, logo assim que você entra você consegue visualizar os principais dados, como por exemplo: vendas, receitas, ticket médio e muito mais.

Imagem 1

E ainda tem mais viu…. Nessa outra imagem, você tem por exemplo, acesso ás compras que foram realizadas no cartão, no boleto ou por transferência. Dessa forma, você consegue visualizar qual método de pagamento , tá sendo mais usado pelo os seus clientes.

Você quer ter acessos a todos esses dados na sua loja virtual? Pois acessa aqui e contrate a sua plataforma de e-commerce!!!

3. Faça uma análise dos gastos antigos

Acredito que esse é o único momento que você deve olhar pra trás na sua jornada empreendedora, rsrsrs’.

É muito importante que você analise os gastos, receitas, entradas e saídas do período anterior do seu negócio.

Isso vai te ajudar a ter uma ideia do que ocorreu anteriormente. Quem sabe tenha um gasto do ano passado, que vai se repetir esse ano e que você nem lembrava. Essa análise te ajudará a conhecer melhor o seu negócio, cenário na qual você atua e o fluxo de caixa no e-commerce.

4. Otimize as entradas do seu negócio

A idéia básica é melhorar a velocidade de entradas no seu negócio para transformar materiais em produtos, estoque em vendas e recebíveis em dinheiro.

Taxas por compra realizada

É importante ficar atento a plataforma contratada, para tentar entender se a mesma não cobra alguma taxa por cada compra finalizada na sua loja, pois isso prejudica muito o seu fluxo de caixa no e-commerce.

Então opte por escolher plataformas que te cobrem um valor fixo, pois fica mais fácil para você se basear no seu planejamento financeiro. Sem contar que, ser cobrado por cada compra finalizada, prejudica muito o seu caixa.

Acesse esse link para ter a sua loja virtual, e não seja cobrado por cada compra realizada!!!

Taxas do meio de pagamento

Um erro muito comum, é desconsiderar as taxas que são cobradas, especialmente no e-commerce. 

Quando uma compra for realizada, ainda que à vista, você precisa levar em consideração a taxa que existe no processamento do cartão de crédito.

E se você não faz ideia de qual meio de pagamento escolher para o seu negócio, segue a linha que eu vou te listar agora mesmo, os mais usados e suas respectivas taxas.

Pagseguro

Como contratar o pagseguro:

Para contratar o PagSeguro para sua loja virtual, você vai precisar primeiramente realizar o cadastro no próprio site do PagSeguro. 

Primeiro acesse o site, vá até o canto superior direito. Clique no botão: “Crie sua conta”, preencha todos os campos com os seus dados e clique em finalizar.

Opções de checkout do pagseguro:

Existem 3 opções de Checkout para você escolher para sua loja

Opção 1: Checkout Transparente

Se você optar pelo checkout transparente, seu cliente não precisará sair da sua loja no momento de efetuar o pagamento. Isso é um ponto super positivo para as conversões do seu e-commerce, pois muitas vezes alguns clientes sentem receio de finalizar a compra quando é direcionado para outra página.

Opção 2: Checkout Padrão

Após a escolha dos produtos ou serviços, seu cliente será redirecionado ao PagSeguro para concluir o pagamento. (podendo influenciar em uma queda nas conversões do seu ecommerce).

Opção 3: Checkout Light

Nessa opção, para o seu cliente finalizar a compra, ele não precisará ser redirecionado para o site do PagSeguro, apenas aparecerá um pop-up e o seu cliente preencherá os dados necessários.

Taxas do pagseguro:

Como em todos os meios de pagamentos, as taxas são cobradas em cima do tempo médio que você vai receber esse dinheiro.

Para receber o pagamento das compras dos seus clientes em 14 dias: Taxa de 4,99% + 0,40 por transação. 

Para receber o pagamento em 30 dias: 3,99% + R$0,40 por transação.

Importante: No pagseguro você pode optar por receber o dinheiro na hora, isso é ótimo pra quem precisa ter um fluxo de caixa rodando. Neste caso, você paga: 4,99% por compras á vista e 5,50% se for parcelado.

Vale ressaltar que com o PagSeguro existem duas opções para as compras parceladas:

  1. Você pode escolher pagar pelos juros das parcelas do seu cliente, que no caso seria uma taxa de 2,99% ao mês.
  2. Ou você pode escolher com que os clientes que assumam os juros das parcelas.

Não possui mensalidade e nem taxa de adesão.

Se tratando de um fluxo de caixa, a melhor opção para você é segunda, onde você deixa o cliente assumir as parcelas, assim você não fica com mais esse custo adicional.Como contratar

Wirecard

Como contratar a wirecard:

Para contratar a Wirecard você precisará criar uma conta no site da Wirecard

É super rápido, você vai precisar preencher alguns dados, e sua conta já estará criada. Após sua conta ser criada, você irá integrá-la com sua plataforma de ecommerce (é importantíssimo antes de você optar pela Wirecard, saber se sua plataforma possui essa integração).

Caso você opte pela a plataforma bleez, pode ficar tranquilo, que já possuímos integração e você não vai precisar se preocupar em realizar essa integração, pq não fazemos pra você!

Essa integração você fará na sua conta mesmo, basta entrar na aba de “configurações” clicar em “integração” e depois em “chaves de acesso”. Você terá que preencher um formulário, e assim a Wirecard liberará as chaves da API para sua loja virtual.

Taxas da wirecard: 

As taxas da Wirecard variam de acordo com o método de pagamento:

No cartão de crédito: 5,49% + R$0,69 por transação

No cartão de débito: 3,49% + R$0,69 por transação

No boleto: R$3,49 por cada boleto

Em compras parceladas, o valores das taxas em cada parcela aumentam:

1x = 0,00% | 2x = 4,50% | 3x = 5,00% | 4x = 5,50% | 5x = 6,50% | 6x = 7,50% | 7x = 8,50% 8x = 9,50% | 9x = 10,50% | 10x = 11,50% | 11x = 12,00% | 12x = 12,50%.

O primeiro saque do mês é gratuito! Para os demais será cobrada a tarifa no valor de R$3,50 por saque.

É super importante ressaltar que a Wirecard disponibiliza ótimos descontos para os ecommerces com faturamento superior a R$25.000. Então caso, você já tenha uma receita significativa com seu e-commerce, é só entrar em contato com eles e tentar uma negociação.

Cielo

Como contratar

Você poderá fazer sua solicitação tanto através do site da Cielo, na parte especializada em Ecommerce ou através do número 4002-9700.

Para fazer a solicitação e contratação você precisará escolher entre duas opções de soluções para seu ecommerce:

Opção 1: Checkout

Se você escolher essa opção o seu cliente na hora de efetuar o pagamento na sua loja virtual, será redirecionado pro site da Cielo. (o que pode não ser algo muito atrativo, pois o cliente sairá do ambiente de compra para ir para outro, podendo impactar na sua decisão)

Opção 2: API

Escolhendo essa opção o pagamento do cliente é diretamente na sua loja virtual, você poderá fazer a solicitação sendo pessoa física ou jurídica e, precisará já ter um domínio de loja virtual.

Taxas

As taxas da Cielo serão de acordo com o ramo de atividade da sua loja virtual. São taxas de no mínimo 2,5% e chegam a até no máximo 6% por transação. Vale ressaltar que essas taxas são negociáveis.

Não possui taxa de adesão e nem mensalidade (mensalidades são cobradas apenas se você desejar contratar algum outro serviço dentro do contrato).

Os valores das taxas variam de acordo com as opções: Crédito a vista, Débito e crédito parcelado.

No crédito parcelado a taxa só será cobrada uma vez, mesmo se o seu cliente parcelar em 12x a compra.

Ainda tem dúvidas sobre meios de pagamento? Pois clica aqui e confere esse nosso artigo completo

Se você curtiu esse conteúdo e ele te ajudou de alguma forma, curte aqui em baixo com um <3 e compartilha!!