A importância de escolher uma plataforma que permita expansão da sua loja virtual

26/04/2016 Lahisla Vilar
2 min de leitura
0
Amou?

plataforma de e-commerce

A escolha da plataforma de e-commerce é uma das mais importantes na hora de planejar a criação de uma loja virtual. Uma boa escolha pode fazer você economizar muitos recursos, mas uma escolha ruim pode atrapalhar bastante o crescimento do seu negócio.

>>Leia também: 6 coisas que a sua plataforma de e-commerce deve ter se você quer jogar para ganhar.

O ideal em relação à escolha da plataforma é optar por uma que permita a expansão do número de produtos cadastrados na sua loja e a adição de funcionalidades que venham a ser necessárias no futuro.

Como já comentamos aqui no blog, existem plataformas de três tipos: open source, alugadas e exclusivas. As duas primeiras são as mais indicadas para pequenas e médias empresas, aquelas que estão começando no e-commerce e não podem ou não precisam investir muito dinheiro em uma plataforma, por isso serão as que vou comentar em relação a expansão.

De forma geral, as plataformas open source, principalmente as líderes de mercado com o Magento, são robustas e permitem a expansão tanto de número de produtos cadastrados quanto de funcionalidades. Os desenvolvedores especializados nesse tipo de sistema têm total acesso ao código e podem adaptá-lo às necessidades do seu negócio, criando novas funcionalidades e desenvolvendo integrações com outros sistemas acessórios, como ERP, ferramentas de e-mail marketing, etc.

>>Leia também: Quando você precisa de uma plataforma de loja virtual sob demanda.

As plataformas prontas ou alugadas têm diversos tipos de limitações, mas existem algumas que oferecem uma liberdade maior para o empreendedor. O Shopzen, por exemplo, não impõe limite de produtos cadastrados ou pageviews em nenhum de seus pacotes. Já outras plataformas alugadas limitam cadastros de produtos e pageviews e não oferecem pacotes que permitem uma expansão muito grande em caso de upgrade de pacote. Quanto às funcionalidades, as plataformas alugadas não oferecem flexibilidade nesse sentido, obrigando o empreendedor a escolher o sistema que ofereça funcionalidades que ele acha que pode vir a precisar a médio prazo.

>>Leia também: Vantagens e desvantagens de uma plataforma de loja virtual pronta.

Informe-se, faça as melhores escolhas no seu planejamento e boas vendas!