Magento 2 Review: O que tem de bom, de ruim e tudo mais

19/09/2012 Bruno Viana
3 min de leitura
0
Amou?

Logo do Magento 2

Desde  a sua primeira versão lançada em meados de 2008, o Magento nunca teve nenhum release com modificações significativas. OK, alguns módulos novos aqui, melhoras relevantes para as lojas virtuais ali, mas nada realmente digamos… grande!

Desde 2011, se fala a respeito da versão 2.0, também conhecida como Magento 2, como se pode ver em um post no próprio blog. E várias mudanças virão.

Buscando um pouco mais sobre o assunto, encontrei alguns outros blogs falando a respeito e inclusive uma palestra dada por um arquiteto do Magento. Se você não quiser assistir ao vídeo, não se preocupe, mais abaixo eu falo de algumas coisas.

Assistindo ao vídeo, dá pra perceber que nesses anos eles aprenderam e adquiriram experiência e estão mudando muita coisa que sempre ouço as pessoas reclamarem como a distribuição dos arquivos dos módulos, framework Javascript, multi-database, etc.

Vamos a algumas mudanças que achei interessantes:

Mudanças de tecnologia

O Magento 2 virá 100% pronto para ser rodado dentro do PHP 5.3. Ainda não sei se ele adotará o desenvolvimento com Namespaces, mas acredito que as recomendações mínimas serão 5.3+ e não mais 5.2.

Além disso, ele virá pronto para rodar em outros Sistemas Gerenciadores de Banco de Dados além do MySQL. Agora contará com suporte a Oracle e MS SQL.

Uma mudança que vai agradar muita gente, inclusive a mim, é o jQuery como framework javascript padrão. Aaahh muleque! 😀

Testes pra que te quero

Às vezes, desenvolver módulos avançados é perigoso. Você precisa extender classes e funcionalidades e, se não for muito cuidadoso, pode acabar dando algum problema. Haverá na nova versão uma pasta chamada /dev na raiz da aplicação. Nela haverá coisas voltadas ao desenvolvedor inclusive  ferramentas de testes. Agora podemos rodar e criar testes unitários, de integração, de performance, etc.

Bleez - Pasta /dev no Magento 2

 

Arquitetura de arquivos

A arquitetura de arquivos é a maior dor de cabeça nos aspirantes a tecnologia. Se você quer criar um módulo novo na versão 1.x, é necessário criar arquivos espalhados em pelo menos 4 pastas soltas no universo de pastas do Magento. Esse fator faz muita gente olhar e torcer o nariz ao tentar mexer com a ferramenta.

Agora tudo ficará concentrado em um único lugar da mesma forma como vemos nos CMS’s de hoje. Na minha opinião, essa é a maior das mudanças que inclusive vai impactar em todos os módulos criados para a versão 1.x.

Bleez - Arquitetura de arquivos no Magento 2

 

Eu espero que no Meet Magento eles contem mais novidades sobre isso. Se houver alguma notícia, venho informar aqui. Enquanto isso, vamos aguardar. A promessa é de que o lançamento da versão 2.0 da plataforma seja feita entre o final de 2012 para o começo de 2013.