Dicas infalíveis de como otimizar campanhas do Google AdWords!

23/02/2018 Sarah Patrício
8 min de leitura
5
Amou?

14-08-1

Para ler esse conteúdo, você precisa está com sua campanha do AdWords criada.

Se você ainda não criou e não sabe por onde começar,  Acessa aqui!

Criei minhas campanhas e agora? Acredito que já se perguntou isso quando estava com a sua campanha criada!

A internet disponibiliza inúmeros tutoriais de como você pode começar a criar suas campanhas do zero.

Só esquecem de ressaltar que trabalhar com o Adwords é um exercício diário de análise dos anúncios em busca do melhor Retorno Sobre Investimento (ROI).

Pensando nisso, elaboramos aqui dicas infalíveis e já testadas para você começar a otimização das campanhas agora mesmo. Vamos lá!

Resumo da tática

Otimização das campanhas: Palavras-chave

    • Índice de qualidade
    • Diagnóstico e visualização de anúncios
    • Planejador de palavras-chave
    • Inserir palavras-chave nos anúncios

Otimização das Campanhas: Anúncios

  • Testar 3 anúncios por grupo com semelhanças de chamadas
  • Testar por 20 dias e avaliar o que foi mais visualizado.

Conclusão

Otimização das campanhas: Palavras-chave

As palavras-chave são termos essenciais dentro da campanha. Por conta disso a otimização delas precisa ser diária, principalmente no primeiro mês.

Então eu vou ter que otimizar as minhas palavras-chave todos os dias? Nossa é muito cansativo!

E quem disse que atingir o sucesso desejado é tarefa fácil?

Analisar palavras chave que estão indo mal

Na sua campanha temos dois grupos de palavras-chave que estão indo mal, são elas:

  • “As que tem possibilidade de melhorar”
  • “As que não tem mais chance”.

As que tem possibilidade de melhorar

Para as que tem possibilidade de melhorar você irá fazer uma otimização mais profunda.

Normalmente esse grupo de palavras, possuem um bom volume, são super disputadas pelo os anunciantes, mas não tem um bom índice de qualidade.

Meu Deus, o que é índice de qualidade? Calma vou explicar!

– Índice de Qualidade

O índice de qualidade é uma “nota” que o Google dá para uma palavra-chave e isso influência em toda a vida útil dela.

Temos 3 componentes para avaliar o índice de qualidade de uma palavra, são eles:

  • CTR (taxa de cliques)
  • Relevância do anúncio
  • Qualidade da Página de Destino.

tatica-adwords-grafico-indice-de-qualidade(CTR) Taxa de Cliques 

O CTR é o número de impressões dividido pelo o número de cliques.

O Google AdWords entende que quanto mais pessoas clicam no seu anúncio mais elas enxergam o valor dele. Porém se o anúncio obter mais impressões que cliques, o CTR vai lá pra baixo.

Exemplo: Uma determinada palavra-chave obteve 9.358 impressões e 675 cliques em um dia.

O cálculo para o CTR dessa palavra-chave será: 9.358 / 675 = 7,21%

OBS: Um CTR considerado bom, é de 6% para cima.

Relevância do anúncio

Se o anúncio possui a palavra-chave que o aciona dentro dele, o Google entende que o anúncio equivale ao que as pessoas estão buscando.

Qualidade da Página de Destino

Quando alguém clica em um anúncio ele espera que a página fale exatamente sobre o termo que ele buscou, assim o Google define se a sua página têm qualidade ou não.

Para visualizar o índice de qualidade de cada palavra, é só seguir os seguintes passos:

tatica-adwords-iq-coluna1

tatica-adwords-iq-coluna2

tatica-adwords-iq-coluna3

 

Adicionada a coluna é a hora de otimizá-las!

– Diagnóstico e visualização de anúncios

A primeira coisa a fazer, é ver se a palavra em questão está sendo acionada.

As vezes acontece dela não aparecer nas buscas por conta do baixo índice de qualidade.

No caso de ela estar aparecendo, é só seguir os próximos passos desse conteúdo, se não, ela fará imediatamente parte do grupo “As que não tem mais chance” (já eu falo o que fazer com elas)

– Planejador de palavras-chaves

O planejador de palavras-chave mostrará o volume e o CPC da palavra-chave.

Se a palavra possui um bom volume de pesquisa e um CPC semelhante ao valor dela, é só seguir os próximos passos.

Já no caso dela está em falta com alguma dessas opções citadas acima, ela fará parte do grupo “As que não tem mais chance” (Já já a gente descobre o que fazer com elas)

– Inserir as palavras-chave nos anúncios

Grave essa frase para toda a sua vida:

“As palavras-chave da sua campanha precisam estar inseridas exatamente da mesma forma em pelo menos um anúncio!”

Isso é um ponto essencial para o índice de qualidade das palavras-chave aumentar, então se elas não estiverem inseridas comece a inserir agora mesmo!

As que não tem possibilidade de melhorar

Diante da otimização anterior você já vai ter o grupo “As que não tem possibilidade de melhorar” formado.

Normalmente, são palavras com poucos cliques,  baixo volume de pesquisa ou com o índice de qualidade abaixo de 3.

– Pausar as palavras-chave

Para o grupo “As que não tem possibilidade de melhorar” o processo é bem simples: PAUSAR!

Quando encontro palavras desse tipo costumo pausar, mas nunca excluir.

Como eu já disse anteriormente, as palavras-chave são inconstantes, então se eu perceber conforme a minha análise  que elas estão sendo buscadas e obtendo um bom volume, eu às ativos novamente.

Veja também: Como fazer uma análise de mercado para o seu negócio

Analisar palavras-chave que estão indo bem

Assim como no primeiro passo, você também tem dois grupos de palavras chaves que estão indo bem, são elas:

  • “As que poderiam ser melhores”
  • “As que estão trazendo vendas”

As que poderiam ser melhores

Essas são aquelas palavras que estão gerando cliques, tem um bom índice de qualidade, mas ainda não estão alcançado o objetivo desejado.

Digamos que o objetivo da sua campanha é gerar 10 vendas por dia para cada palavra-chave, você percebe que tem uma que está te trazendo 6 vendas.

Ela é uma das que podem melhorar, sacou?

– Isolar a palavra-chave em uma campanha

Nesse caso, você precisa deixá-la sozinha dentro de uma campanha, ou seja, deixá-la isolada e com um só grupo de anúncio e detalhe, somente com um anúncio de chamada.

Exemplo: Digamos que temos um G.A sobre vestidos e a palavra-chave “vestidos curtos” me gerou 7 vendas hoje.

Eu vou criar uma campanha com a seguinte estruturação:

Campanha: Vestidos curtos

G.A: vestidos curtos

Palavras-chave: Adicionar somente “vestidos curtos”

– Repetição da palavra no anúncio e página de destino

A palavra-chave além de ficar isolada deve ser repetida 2 vezes no anúncio e ser inserida na página de destino, quantas vezes puder.

Isso vai fortalecê-la, e assim o Google entenderá o valor que ela tem, além de dá uma margem maior para as análises.

Faça isso com as palavras-chave que você acha que tem um potencial de melhorar, não vai sair isolando toda palavra-chave da campanha porque não vai funcionar.

Quer uma dica? Faça com duas palavras-chave no máximo!

As que estão trazendo vendas

Provavelmente as palavras-chave que estão te trazendo retorno logo no primeiro mês de campanhas, estão trazendo gastos certo?!

E o que você acha de diminuir esses gastos, mas continuar com o mesmo número de conversões?

Para você fazer isso é preciso uma atenção aos termos de pesquisa!

Nos termos de pesquisa você consegue ver exatamente como a pessoa que clicou no seu anúncio digitou no Google.

Muitos desses termos não tem relação com o teu produto ou serviço, por conta disso esses termos precisam ser negativados.

– Adicionar Palavras-chave negativas

As palavras-chave negativas são todas aquelas palavras que você não quer que acione seus anúncios.

Qualquer campanha de qualquer segmento precisa negativar aquelas palavras que já são consideradas padrão.

São elas: grátis; gratuito; bazar; emprego; estagio; trabalhar; trabalho; free; o que é; o que significa.

Além dessas, você precisa negativar aquelas que aparecem no termo de pesquisa semelhantes a palavra-chave principal, mas que não possuem intenção de compra.

Além delas não estarem alcançado o ROI que você deseja, elas estão diminuindo o CTR da palavra principal.

– Aumentar o CPC

Depois de negativadas as palavras do termo de pesquisa, é hora de aumentar o CPC da palavra principal.

Se ela está te dando um resultado significativo não pense 2 vezes em aumentar o valor dela, mas claro, dentro do orçamento que você está disposto em investir.

Otimização das Campanhas: Anúncios

Assim como as palavras-chave, a otimização dos anúncios também estão ligados a uma boa campanha. Porém a otimização deles é semanal.

Quando estou gerenciando as campanhas dos clientes, faço essa otimização toda sexta-feira. Dessa forma os anúncios têm o final de semana inteiro para se ajustarem.

Dica importante

Sempre que um anúncio já criado é editado, sofre uma queda no posicionamento da página. Isso acontece porque o Google começa a avaliar novamente os anúncios.

Por conta disso, recomendo que você faça essa otimização de anúncios somente no primeiro mês de campanha.

– Testar 3 anúncios por grupo com semelhanças de chamadas

Para cada grupo de anúncio é preciso criar 3 anúncios com informações semelhantes.

Você irá modificar pequenas palavras do texto e chamadas de ação.

Logo abaixo temos dois anúncios com pequenas alterações como exemplo:

2

sem-titulo

– Testar por 20 dias e avaliar o que foi mais visualizado.

Os 3 anúncios criados para o teste ficarão ativos por 20 dias. Passado esse período, é hora de avaliar qual obteve mais resultados.

Os números à serem avaliados serão: CTR e Resultados (o que você considera resultado vai depender do seu objetivo)

Depois da avaliação, é só excluir os dois anúncios que não persistiram bem, e deixar ativo o que foi melhor.

Quando você criar um grupo de anúncio novo no próximo mês, basta usar a mesma estrutura de informações do anúncio que persistiu melhor.

Dicas bônus

O Google analisa muito as páginas de destino dos anúncios para avaliar se o buscador encontrará o que o anúncio promete.

Por isso:

  • Faça seu conteúdo ser sempre coerente com o anúncio. Procure colocar a palavra-chave no título e onde mais você puder (cuidado com exageros)
  • Passe confiança sobre o que você está oferecendo
  • Mostre um conteúdo explicativo antes de pedir que o visitante preencha um formulário
  • Faça com que sua página se adapte para dispositivos móveis

Conclusão

A otimização das campanhas você já aprendeu aqui, mas você também precisa acompanhar todas as alterações e testes que foram feitos.

Se possível abra todos os dias seu gerenciador, principalmente no primeiro mês.

Análise todos os números e métricas disponíveis, ou use de outras ferramentas como o Google Analytics, por exemplo.