Quanto custa divulgar uma loja virtual

18/10/2016 Lahisla Vilar
5 min de leitura
8
Amou?

Divulgar uma loja virtual

Como já dissemos anteriormente aqui no blog, em um post sobre semelhanças e diferenças entre loja física e loja virtual, o e-commerce precisa mais de divulgação do que o comércio físico. Enquanto este último pode se beneficiar das pessoas que circulam próximo ao ponto de venda, o comércio eletrônico precisa divulgar que ele existe através de anúncios para atrair os primeiros visitantes para o seu site. E sabe quanto isso custa? É o que vou te contar neste post.

A primeira informação importante que você deve saber ao planejar a criação de uma loja virtual é como distribuir os recursos entre todos os itens que você precisa ter. Os custos para montar um e-commerce incluem basicamente gastos com plataforma, sistemas acessórios e marketing (divulgação), assim, do total que você dispõe para investir, 30% deve ser utilizado para custos com plataforma e sistemas acessórios e os outros 70% para custos de divulgação da sua loja.

O valor em porcentagem parece muito genérico pra você, não é? Então vou dar alguns exemplos de onde você pode divulgar a sua loja virtual e quanto deve gastar em cada uma dessas mídias para começar.

A divulgação começa na própria plataforma de e-commerce

SEO

A otimização para mecanismos de busca (SEO em inglês) é um conjunto de estratégias para melhorar o posicionamento do seu site nos resultados das buscas na Internet. Quanto mais próximo das primeiras posições o seu site aparecer, mais visibilidade você terá e mais chances de o usuário acessar o seu site e não o do concorrente. Assim, podemos considerar a aplicação dessas técnicas como uma forma de conseguir visitantes gratuitamente.

Mas SEO é de graça mesmo? Sim e não! A aplicação dessas estratégias exige certo conhecimento técnico, pois você precisará inserir meta tags no código da sua loja virtual, criar conteúdos em textos e imagens otimizados para as palavras-chave que os seus clientes estão buscando na Internet entre outras ações e tudo isso exige um conhecimento que talvez você não tenha. Portanto, o valor gasto com SEO será o seu investimento para estudar o assunto, contratar um profissional de marketing digital ou contratar o serviço especializado de uma agência digital, que pode variar bastante de uma região do país para outra.

Algumas plataformas de e-commerce, como o Magento, facilitam bastante esse trabalho de otimização e permitem que você mesmo adicione tags ao código pela própria área de administração da loja virtual. Assim, vale a pena buscar por uma plataforma que seja preparada para SEO.

Saiba mais sobre SEO, nesse vídeo:

Mídias mais utilizadas para divulgar uma loja virtual

Links patrocinados

Os links patrocinados são anúncios pagos que aparecem no topo das páginas de resultados de buscas na Internet. O mais utilizado é o Google Adwords, que exibe os links da sua loja virtual nos resultados da busca do Google.

A maior vantagem dos links patrocinados é fazer a sua loja aparecer no momento que os usuários estão buscando por produtos ou serviços que você vende, além de trazer um resultado mais rápido do que se você tivesse investindo apenas em SEO.

Os custos dos links patrocinados vão depender do valor médio das palavras-chave relacionadas ao seu negócio e da estratégia de anúncios utilizada, pois trata-se de um leilão dessas palavras. Quanto mais relevante for a página de destino do seu anúncio, aquela para onde o usuário será direcionado dentro do seu site, e quanto mais alto for o seu lance, maiores são as chances de o seu anúncio aparecer bem posicionado nos resultados da busca.

Não existe um valor fixo ideal para todas as empresas, pois esse valor vai variar de acordo com o segmento de produtos que você vende. Esse valor inicial deve ser testado, começando com um valor pequeno entre R$100,00 e R$500,00 para perceber quais palavras-chave trazem mais retorno em vendas para a sua loja virtual e aí sim, ir aumentando o valor gradualmente, acompanhado de melhorias tanto nas páginas de destino dos anúncios quanto nos próprios anúncios.

Mídias sociais

A divulgação em mídias sociais (como Facebook, Twitter e Instagram) pode ser feita através do compartilhamento de conteúdo relevante para o público da sua loja virtual em páginas e perfis e/ou através de anúncios dentro dessas mídias.

O conteúdo (texto, imagem e vídeo) pode ser criado por você mesmo ou por uma agência digital especializada na criação desse conteúdo para mídias sociais. Sendo assim, o custo vai variar de agência para agência e de uma região do país para outra.

Já os anúncios dentro das mídias sociais, chamados de social ads, têm vários formatos de exibição que mudam de uma rede social para outra. Eles são cobrados por clique (CPC) ou por mil visualizações (CPM) e algumas recomendam um valor mínimo para você começar a anunciar.

Assim como no caso dos links patrocinados, a recomendação é que seja feito um teste com um valor mínimo entre R$100,00 e R$500,00 para ver os primeiros resultados e assim ir aumentando gradativamente o valor investido à medida que melhora a qualidade do anúncio, das páginas de destino dentro da sua loja virtual e refina o perfil de público selecionado para ver o seu anúncio.

E-mail marketing

O e-mail marketing está entre os canais de comunicação com o cliente que mais geram acessos e conversões em vendas para as lojas virtuais, porém é preciso construir a própria base de e-mails para que esse tipo de estratégia de divulgação funcione.

Além dos cadastros de clientes no seu e-commerce, você pode capturar e-mails de pessoas interessadas no seu negócio através de promoções, oferecendo descontos ou outro tipo de vantagens em troca do endereço de e-mail delas; ou ainda em troca de conteúdo relevante e especializado. Por exemplo, se você vende peças para motos, pode fazer um guia de como avaliar uma motocicleta usada antes de comprar e pedir o e-mail dos usuários do seu site em troca do guia, que pode ser um e-book, um vídeo ou outro formato de material. Esse tipo de estratégia se chama inbound marketing e é um bom tema para um outro post aqui no blog.

A partir da formação de uma base de e-mails, você poderá se comunicar periodicamente com pessoas interessadas no segmento de produtos que você vende e, portanto, mais propensas a comprar de você.

O custo de uma campanha de e-mail marketing pode ser ser grátis, já que existem ferramentas grátis de envio de e-mails como o MailChimp, ou você pode pagar ferramentas mais completas, que vão te ajudar a capturar e-mails, segmentá-los, disparar as mensagens e fazer a gestão dos leads vindos dessas campanhas, como a RD Station, que tem pacotes a partir de R$269,00 por mês.

Marketplaces

Os marketplaces são sites que exibem produtos de diversas lojas virtuais e oferecem uma vantagem imensa: a enorme quantidade de tráfego que conseguem atrair. Para exibir seus produtos, é preciso investir em uma integração da sua loja virtual com os marketplaces e isso pode custar caro, dependendo da plataforma de e-commerce que você usa, que pode já ter essa integração pronta ou não.

Os principais marketplaces utilizados no Brasil, como Mercado Livre, Submarino (B2W) e Extra (Cnova) não cobram cadastro nem divulgação. Você paga apenas uma porcentagem em cima do valor da venda, que apesar de ser alta, em torno de 16%, ainda vale a pena pela enorme quantidade de tráfego que esses sites têm e da visibilidade que eles podem dar aos seus produtos.

Essas são as formas de divulgação mais utilizadas em um e-commerce e, como eu já disse anteriormente aqui no blog, sempre há uma solução que se encaixa no valor que você quer investir em uma loja virtual. Portanto planeje-se e boas vendas!

_

Se você gostou desse conteúdo, ou tem alguma dúvida, comenta aqui em baixo!! 

Quer conhecer mais a Bleez e nossas soluções?
Manda uma mensagem pra gente, aqui!!