Quanto dinheiro vale 1 segundo?

28/11/2014
3 min de leitura
0
Amou?

tortoise_&_hare_1

Já se perguntou quantas visitas e vendas você pode estar perdendo agora por causa de 1 segundo?

Vou explicar melhor: Em 2006, a Amazon divulgou que a cada melhora de 100 milissegundos no tempo de carregamento da sua loja ela ganha mais 1% de faturamento. O Yahoo! descobriu que cada 400ms seu tráfego aumenta 9%. A partir de 2010 o Google começou a usar a velocidade dos sites como critério de rankeamento.

Antes de te falar quais as armas contra esse problema vou te explicar mais sobre o que causa lentidão em um e-commerce.Talvez você me pergunte “Por que isso me interessa?”, a resposta é que se você não entender o problema vai ser difícil combatê-lo.

Entendendo o inimigo

O tempo de carregamento de uma loja, está diretamente ligado a dois fatores: a performance do servidor em que está hospedado e o quão rápido o navegador carrega os elementos da página.

O servidor precisar ser bom o suficiente para processar e entregar o conteúdo no menor tempo possível e ainda aguentar a maior quantidade de visitantes sem cair(lembra da baleia do Twitter?).

Uma vez que o servidor entregou o conteúdo, o navegador precisar de tempo para processar e exibir ao usuário. Se esse conteúdo não estiver otimizado você vai experimentar lentidão mesmo tendo um único visitante na loja. Isso por que antes da página ser exibida vários elementos, como imagens, são baixados e scripts, como a tag do Google Analytics, são executados. Quanto mais elementos maior é o tempo de carregamento.

Você não precisa ser técnico para se preocupar com isso e na maioria dos casos você não precisa nem gastar dinheiro(ou muito dinheiro). Eu vou te passar algumas dicas do que fazer pra evitar um tempo de carregamento alto.

Dicas para você

  • Banners e fotos de produto são o grande Calcanhar de Aquiles. Sempre salve as imagens em JPG. Se você usa o Photoshop utilize o recurso “Salvar para web” e procure manter a qualidade por volta dos 60%.
  • Scripts e widgets de sites externos como Likebox do Facebook, scripts de afiliados, etc tornam o carregamento da página mais lenta. Habilite apenas o que for essencial.

Dicas para sua plataforma

  • Desenvolva na sua plataforma a função de comprimir os arquivos de formatação(CSS) e de Javascript.
  • Junte todos os arquivos estáticos(Javascript e CSS) e faça-os serem carregados em uma única chamada. Assim o navegador abrirá menos conexões com o servidor.
  • Especifique a dimensão de todas as imagens no seu layout. Sem isso o navegador precisa calcular sozinho causando mais lentidão.
  • Mantenha o código HTML do seu layout dentro dos padrões web. Assim o navegador tem que “pensar” menos para interpretar os elementos.
  • Habilite o Gzip para comprimir ainda mais cada arquivo carregado.
  • Essa já um pouco mais técnica: Implemente um sistema de cache Full Page. O tempo de resposta pode ser reduzido até 80% implementando essa tecnologia. O mais usado é o Varnish(gratuito).

Faça sua análise

O GTmetrix é uma ótima ferramenta para medir a performance do que o navegador carrega e ainda dá dicas de como melhorar o que está ruim. Ele vai te ajudar a identificar o que pode melhorar no carregamento de página do navegador. Se você chegar pelo menos em 80% de otimização já é um ótimo resultado.

Depois que tiver certeza que o navegador está carregando tudo como deve, use o Load Impact para simular – de graça – o tempo de carregamento da página. Ele simula 50 usuários acessando ao mesmo tempo durante 5 minutos. Assim você consegue ter uma noção se o servidor está respondendo bem e se ele aguenta muito tráfego.

O tempo de carregamento máximo é de 2 segundos, depois disso a maioria das pessoas perdem a paciência e vão embora. Então procure se manter abaixo disso e garanta a saúde das suas vendas.